setembro 02, 2008

Diz-me...


                                                                                            foto de Paulo Madeira

Diz-me…
como da chuva que se cola ao calor da pele
e adivinha na noite a frescura da alvorada

Diz-me…
no bulício do ar que se forma em nós
enquanto a lua guarda segredo


Diz-me com lânguidos sussurros
que a noite me espera
que o mar atraca nos suspiros largados na areia
e tu és água

e somos infusão

girando no gorgolejo das ondas

Diz-me
se é este vento que funde em gotas de brisa
o teu cheiro
e me solta este vício lúbrico em maré vermelha

Diz-me
que a noite me espera…

Vera Carvalho