abril 17, 2008

Con(m )tacto


                                                                                                           foto de DDiArte

É da pele,
a negrura da lama que encharca a boca
quando o silêncio cai.

É da pele,
a rigidez das pedras que edificam os punhos
em balastro à guerra.

A aspereza da terra que seca as lágrimas
outrora mergulhadas na corrente do rio,

é da pele,

o vermelho estendido no chão,
manto pérfido com suores da razão.

É da pele,
o cheiro promíscuo de verdades,
em deleite, traídas.

É da pele,
as fendas que acovilham os corpos despidos.

A decrepidez flácida de um universo rendido,

é da pele.

Vera Carvalho

17 comentários:

as velas ardem ate ao fim disse...

Não há nada melhor que o sentira o cheiro da pele de quem amamos.

um bjo minha querida

Menina do Rio disse...

E é tudo! Pele, tato, odores, salivas. Está na pele, está em nós...

Um beijo minha querida

DelfimPeixoto disse...

Pele, corpo, Alma, sentir, Amor, Paixão,...... Não deixes de escrever...........

Pedro Branco disse...

"Cada segundo da minha pele será eternidade quando nos teus dedos acontecer o mar...", disse um dia o sopro ao desabafo.

Pedro Branco disse...

"Cada segundo da minha pele será eternidade quando nos teus dedos acontecer o mar...", disse um dia o sopro ao desabafo.

Teresa disse...

« Espelho de Alma e Con(m)tacto », estão sublimes. Mostram a grande poetisa que és. Delicio-me com a tua leitura. Parabéns e um beijinho amigo Verinha.
Tecas

DelfimPeixoto disse...

Tenho uma flor de Primavera oferecida pela Fanny que quero partilhar contigo. Vai ao meu blog e vê o que deves fazer

Luis F disse...

O Mar de Sonhos faz um ano de existência. Venho assim agradecer toda a amizade e carinho ao longo deste tempo.

O meu muito obrigado.

Com amizade

Luis F.

Nilson Barcelli disse...

Excelente Vera, este poema é excelente. Muito forte. Gostei de o ler.

Beijinhos.

A. Jorge disse...

Simplesmente maravilhoso!...

Um beijo

Jorge

Daniel Aladiah disse...

Querida Vera
Quase parece um grito de revolta contra o racismo... talvez uma interpretação possível.
Um beijo
Daniel

João Videira Santos disse...

"...A decrepidez flácida de um universo rendido..." - fica tudo dito e o meu apreço.

Manuela Fonseca disse...

Poema forte. Realidade fraca ou sem humildade para fazer parar tantas peles lapidadas de sangue...

Beijos ternos*
Manuela Fonseca

A. Jorge disse...

Gostei muito!

Um beijo

Jorge

ContorNUS disse...

Uma excelente abordagem ao trabalho dos DDiArte... os meus olhos caem lentos na certeza das tuas palavras

Rafael Heitor disse...

SOBERBO,JÁ PERTENCE Á MINHA LISTA DE BLOGS FAVORITOS. ESPERO PODER FAZER PARTE DA SUA
OBRIGADO

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,