agosto 01, 2007

Sonho Alentejano


foto de autor desconhecido

Lembras-me
o cicio de vento que percorre
o trigal dourado.

Brando,

acompanhas o trinado fluido do rouxinol
que anuncia o entardecer
e convidas-me a dançar, por entre
o azul que se dispersa
e a luz de sol poente.

Numa singeleza descalça,
assemelho-me
à loira espiga,
ondulando ao vento
danço
envolvida na expressão de sentimentos
das palavras radiadas.

Contornas-me um sorriso no rosto e
espalhas num beijo
uma ternura de mel.
Doce embalar que me recolhe em sonho.
(ao poeta caraíba mais alentejano que conheço - Carlos Almeida - com ternura:))
-----V.C-----

20 comentários:

Sandokan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sandokan disse...

Espigas de amor,
risos de virgens desmaiadas,
olhos a arder em êxtases de amor.
Lábios de mel
que exsolvem a ternura
e acabam por joeirar o trigo
escolhendo o alento
e a força para gritar
que toda a vida
irei revolutear o teu corpo
e ganharei asas
para levar aos céus
os teus lábios,
o teu amor, o meu amor

Bosco Sobreira disse...

Belo, belo, Poeta!
Um beijo afetuoso.

Charlie disse...

És uma deliciosa criatura, a verdadeira fusão do poeta e do poema.
Nem tenho palavras que possam de algum modo espelhar o agradecimento e encanto que estas postadas me provocam.
Poderia simplesmente dizer: obrigado Verinha...mas prefiro despir toda a carga pessoal do poema e oferece-lo à planície que me acolheu e que fez de mim isso que me chamas: Um Caribenho Alentejano.
Que seja o poema o que eu leio nele: um beijo ao louro trigo e à lágrima do duro viver. Uma voz ao entardecer encetando o cante de quem sente que o mundo é todo e um só e que ali é o encontro com o seu infinito. E quando em coro as paredes entoam e fazem estremecer o ar cansado de subir pela força do Estio, que sejam as tuas palavras cantadas, a brisa fresca do Douro que em poema do Norte ameniza os mares dourados das ondulantes planícies do Sul.

Beijinho Vera e um abraço.
Obrigado. ;)

Carlos Luanda

Porque Te Amo disse...

Como sempre belas as tuas palavras, os sentimentos descritos com a pureza de quem ama...

1beijo... assim... entre pianos...

voltarei...

ContorNUS disse...

Acolhes as palavras perfumando-as de sentidos e hoje levo-te a morar mais perto de mim...

A.S. disse...

Vim deixar-te um beijo... estava com saudades!

Artur Moura Queirós disse...

Entre fantasias colhem-se as verdades sonhadas, um dia ternas recordações...:)

Menina do Rio disse...

Recolho-me nesse sonho envolvida numa ondulação azul que me convida a dançar...
beijos

suruka disse...

Olá vera.
Obrigado pela visita.
Mas devo confessar que vim aqui, porque o teu comentário acerca de "beleza" é original e dá que reflectir.

Mas quero dizer que estou a gostar deste espaço. Parabens é giro voltarei.

Escreves muito bem.
Este texto " sonho Alentejano " está soberbo.

Bom f. de semana Beijo

A.S. disse...

Um poema com a suavidade da brisa ondulando a seara fecundada pelo calor do sol, na fertilidade da terra onde brilham palavras doiradas espigas…
Num doce embalar que te recolhe em sonho!...


Lindissimo poema Vera!


Um terno beijo...

Lia disse...

Envolvente como a brisa que nos toca numa noite de verão...

Um beijo

Rosa Maria Anselmo disse...

Olá Vera
Vim visitar-te. Eu sei que não me anunciei previamente, mas também sei que a porta desta tua "casa" está sempre aberta. É bom aqui estar, leitura muito boa, poemas lindos!
jinhos
Rosa

João Cordeiro disse...

Sem saber e vindo nas asas de um sonho, aqui pousei… e gostei da beleza que encontrei.

Agradeço ao blog PoesiaMGD...



Beijinho sonhador

as velas ardem ate ao fim disse...

Saudades das espigas loiras...

Lindo...escrevse maravilhosamente bem.


bjinho

ana maria costa disse...

linda Vera e lindo Carlos
que a poesia une neste e noutros espaços semeando flores e odores quentes no mundo da blogsfera.

ternura e mais ternura e poesia o mundo ideal...

Rui @t Blog disse...

Um texto que figuraria igualmente bem num qualquer monumento público alentejano.

Sílvia Câmara disse...

Sem pedir-te licença prévia, posto meu comentário, chegado a ti pelas virtuais vias do Politicamente incorreto.
Simplesmente Lindo! Parabéns.
E tudo que traz brisa me interessa.
Apareça.

jorge vicente disse...

vera, este poema está maravilhoso. o alentejo deixou de ser um sonho

um beijo
jorge vicente

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,