maio 22, 2007

Enquanto houver tempo...


Foto de Ana Rita Rodrigues

se um risco apagasse
a saudade de ti

se uma palavra bastasse
para te ter aqui

se num verso abraçasse
parte de ti

rimas seriam beijos trincados
sussurros largados
corpos molhados

ecos multiplicados
pelo vento
sairiam daqui
de dentro

amar-te-ei enquanto houver tempo…

-----V.C.-----

26 comentários:

Jorge Bicho disse...

Vera

este teu poema está lindo, belo, ao teu jeito muito especial de me encantares
beijos
JB

Anónimo disse...

Vera, este poema é muito bonito. Muitos parabéns.

Beijinhos

Valdemar Martins

as velas ardem ate ao fim disse...

Tu escreves divinamente.

Gostaria de não sentir saude de mim...

(Adoro a musica)

bjinho

o alquimista disse...

Explêndido poema...mexeste comigo, no imenso do teu sentir pergunto-me quem será alguem que é capaz de dizer humanidades com tanta prfundidade...


Doce beijo

porque te amo disse...

Cada petala do teu blog fez-me sentir im turbilhão de emoçoes inexplicaveis!
Simplesmente fantastico!

Gostei de te "conhecer". Voltarei.
Até la...
1beijo... entre pianos! ;)

Filipa Rodrigues disse...

Vera,

nunca cá tinha entrado com tempo de ler e degustar... agora, vejo-me com vontade de vir cá sempre espreitar.

Beijinhos

o alquimista disse...

Os teus pés são navegantes na espuma, o teu cabelo dança em descuidada ironia, suave viagem de ondulante onda em tua boca, duas sílabas sopradas em mágica melodia.

Mágico beijo

porque te amo disse...

ficarei à espera de uma nova pétala tua ;)

uma boa noite e...
1beijo... entre pianos

Reflexos da Alma disse...

" ... Ecos multiplicados pelo vento, saíriam aqui de dentro..."

Vera , absolutamente Mágico !!!
Obrigado pelas tuas visitas sempre tão gostosas e sempre benvindas ...
És uma Pessoa Especial ...
Um Abraço forte

A.S. disse...

Intenso! Sensual... cada palavra deslizou pelo meu corpo como uma suave caricia...


Um terno Beijo!

littledragonblue disse...

Enquanto houver tempo... o tempo não existe, é uma mera condição humana que nos limita a um espaço. O nosso dever é aproveitar-mos o melhor que podemos esse espeço que o universo nos concede.
Um beijinho e votos de um bom fim de semana

Bosco Sobreira disse...

Minha querida Poeta,
Que beleza de concisão, de economia de palavras para expressar tanta emoção. Isto só os grandes poetas conseguem. As grandes Poetas!
Um beijo afetuoso e um excelente final de semana.
PS. Posso te pedir para atualizar meu endereço?
http://boscosobreira.com/

Daniel Aladiah disse...

Tempo haverá... tudo se recordará com saudade... não há palavras ou riscos que apaguem as marcas das nossas emoções.
Um beijo
Daniel

Reflexos da Alma disse...

Passei para te deixar um Abraço forte ;)

Angela disse...

Vera, é delicioso este teu poema! Delicado e sensual, ternurento e profundo, é uma afirmação sublime de amor.

Adorei!

Um grande beijinho para ti querida poetisa!

Vera disse...

Vera, o teu poema está muito bonito, intenso, sensual!

"amar-te-ei enquanto houver tempo…"

Espero que tenhas muito tempo para amar e ser amada!

Beijinhos

(Desculpa a ausência, mas a minha filhota está com um problema no pé e ando sem tempo para nada...)

DelfimPeixoto disse...

Vera, é assim... uma Obra de Arte
jnhs

madrugada disse...

Brilhante,
a tua forma de escrita.

porque te amo disse...

...so para te deixar um boa noite...

1beijo... entre pianos

as velas ardem ate ao fim disse...

Bjinho grande

Sandokan disse...

O pássaro brutal tão só a raiva
da dirigível mão sobre este medo
seguro em loucos dedos de silêncio.
Entre aspas o dia é uma palavra
um tronco devorado lentamente
e só, na alta chama deste lume.

Pelo difícil voo dou outra espada
de frio fio lisa e quase o som
desvelado, nítido, o firme lago
de uma clara água e livre e livre.

Amar-te-ei sempre
sem saber de ti

Basta-me respirar
para te ter a ti

E vou lembrar
tudo de ti

Porque o meu sonho
também te envolve a ti.


-----J.C.C.---------


Olha o mar que tens na alma
que na tarde calma
deixa os corpos molhados
e tão desesperados.



Convido-te, Verinha, para a apresentação do meu novo livro de poesia "SONHOS DESFEITOS" que será apresentado ao público com um Porto de Honra Na Quinta dos 3 Pinheiros.

Vlad disse...

... ou mesmo para além do tempo, a avaliar pela intensidade do poema.
Excelente... mais uma pérola.

Bjnhs

artd'imaginar disse...

Vera, caí aqui por acaso.
Gostei do q li.
Senti cada palavra
"se uma palavra bastasse para te ter aqui"... "amar-te-ei enquanto houver tempo".

Querendo ou não... faz parte, enqunto houver tempo!

Maresia e Luar disse...

Poucas vezes um blog me prende mais do que um ou dois post's.... neste estou completamente rendida às tuas palavras!
Simplesmente geniais!

Henrique Mendes disse...

detesto o prolixo, e adoro a "economia" de palavras. Nos gestos, chamar-lhe-ia fluidez, sem dúvida.
Gostei muito do que li até agora.

Lerei mais, no que depender de mim.

Um abraço

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,